Camisas de Futebol » Designer da PUMA explica criação de camisas de Milan e Gladbach

Designer da PUMA explica criação de camisas de Milan e Gladbach

by André Coutinho
Compartilhe este link em suas redes sociais:

A PUMA lançou nesta temporada algumas camisas bem “diferentonas”, assim como templates um tanto quanto psicodélicos, que são utilizados nos mantos de algumas de suas equipes patrocinadas.

Em termos de design, isso faz com que a marca acabe fugindo do que algumas de suas maiores concorrentes vêm fazendo nos últimos anos, como Nike, Macron, JOMA, Umbro e New Balance, que apostam em modelos mais clássicos.


Talvez quem se aproxime mais seja a Adidas, que produz alguns templates, como o Condivo18 e o Tiro19, que trazem bastante detalhes, mas que não chegam perto do nível de psicodelia dos criados pela marca do felino.

Alguns times da PUMA receberam modelos exclusivos, pensados e desenvolvidos de acordo com elementos presentes na história e vida deles. Duas dessas equipes são o Milan e o Borussia Mönchengladbach, que jogarão esta temporada com mantos bem especiais.

O designer responsável pelos uniformes da PUMA, Ulrich Planer, recentemente postou em seu instagram os conceitos e elementos que utilizou para criar os modelos vestidos por essas duas equipes.

Borussia Mönchengladbach

Designer da PUMA explica camisas de Milan e Gladbach

Como sabemos, os novos uniformes do Borussia homenageiam os 100 anos do estádio Bökelberg, mas a inspiração para a criação do modelo titular mostra um aprofundamento ainda maior.

As fumaças verdes e pretas que são ilustradas na camisa nada mais são do que a representação da festa da torcida, sempre apaixonada e que é conhecida pelo uso dos sinalizadores nas cores do clube.

Designer da PUMA explica camisas de Milan e Gladbach

O manto titular traz, literalmente, o antigo estádio do Gladbach na camisa, o Bökelberg, que foi a casa do time alemão de 1919 a 2004 e completa 100 anos nesta temporada. Se em um primeiro momento, visto de longe, parece um modelo com grafismos abstratos, de perto ele mostra um significado maior.

O designer aproveitou uma foto do estádio lotado com a torcida do clube e criou um padrão em diversas posições pelo corpo, colocando-as lado a lado, dentro de losangos, que representam o contorno do escudo do clube, ou seja, traz uma identificação ainda maior.

Milan

Designer da PUMA explica camisas de Milan e Gladbach

Já no caso do Milan, o designer quis utilizar um pouco da rica história do rossonero, tal como sua origem, ainda no século XIX.

Designer da PUMA explica camisas de Milan e Gladbach

Segundo o designer, a inspiração para o modelo titular surgiu há algum tempo, quando um amigo dele o levou ao museu da equipe, onde estão os uniformes utilizados nas finais europeias que os italianos venceram. Um deles chamou a a atenção de Ulrich: a camisa utilizada na final de 1969, em Amsterdam, contra o Ajax.

Ele então decidiu fazer uma homenagem aos 50 anos desse título e criou uma camisa praticamente idêntica, adotando inclusive as mesmas medidas nas listras, 2 cm de largura.

Designer da PUMA explica camisas de Milan e Gladbach

O manto alternativo tem um pouco da ideia da camisa do Gladbach. A uma primeira vista, ele parece apenas um monte de linhas vermelhas sobre um fundo preto, seguindo alguns padrões da marca para a temporada, mas quando vemos o conceito por trás, entendemos o que tudo isso significa.

O padrão exposto na frente da camisa é, na verdade, uma releitura modernizada do diabo, mascote da equipe, que por sua vez também faz referência a uma frase dita por Herbert Kilpin, fundador do clube. “Seremos uma equipe de diabos. As nossas cores serão o vermelho, do fogo, e o preto, como o medo que colocaremos nos adversários”. Segundo Ulrich, o design põe em destaque a energia da nova geração e carisma da equipe.

► Compre camisas de futebol na FutFanatics

O que achou das explicações do designer da PUMA para as camisas do Milan e do Gladbach? Compartilhe!

Compartilhe este link em suas redes sociais:

Você também pode gostar