Camisas de Futebol » Top 5 – Artilheiros do Santos

Top 5 – Artilheiros do Santos

by Juliano Buzato
Compartilhe este link em suas redes sociais:

Separamos os 5 maiores artilheiros do Santos em toda história. Clube com muita história, também é conhecido como celeiro de craques. E gols é o que não faltaram nessa trajetória grandiosa do time do litoral paulista. A lista você confere a seguir:

1 – Pelé – (1.091 gols).

Pelé, Artilheiros do Santos

Considerados por muitos o maior jogador de futebol da história, Edson Arantes do Nascimento nasceu em Três Corações – MG em 1940, e despontou no esporte em 1956 já pelo clube santista. Seu respeito diante do cenário mundial é inquestionável. Chegando a interromper uma guerra na África no ano de 1969.

Curiosamente já atuou como goleiro pelo mesmo Santos e, mesmo após 54 minutos debaixo das traves, nenhum gol foi levado. Em 2000 Pelé foi eleito o Maior Jogador do Século pela FIFA, desbancando Maradona, seu maior rival. Sua marca dos mais de mil gols pelo clube resultou em dezenas de títulos. Entre eles estão 6 Campeonatos Brasileiros e 2 Taças Libertadores. Tirando as três Copas do Mundo pela Seleção Brasileira.

2 – Pepe – (405 gols).

pepe

Apelidado de o “Canhão da Vila”, José Macia é o segundo maior artilheiro da história do Peixe. Seus mais de 400 gols foram feitos em 705 partidas. Segundo ele, é “o maior artilheiro humano do Santos, porque Pelé veio de Saturno“. E sua admiração pelo Rei do Futebol não é à toa, pois juntos ganharam vários títulos tanto pelo Santos quanto pela Seleção Brasileira. Com destaque para duas Copas do Mundo (1958-1962).

Pepe é lembrado também por sua alta precisão no pé direito para cobranças de falta. Os adversários o temiam pois ficar na barreira com ele na bola não era um desafio muito fácil. Suas bombas auxiliaram o clube da baixada, por exemplo, na decisão do Mundial de clubes em 1963 quanto marcou dois gols de bola parada no jogo da volta contra o Milan.

3 – Coutinho – (370 gols).

coutinho

Antônio Wilson Vieira Honório é mais um gênio da Era Pelé. Coutinho é considerado o maior artilheiro do Rei. E não é exagero. Suas tabelas eram extraordinárias e surpreendiam até os mais críticos da dupla.

Uma das mais famosas troca de passes entre ambos foi em um jogo realizado contra o Grêmio no Olímpico. Pelé iniciou a jogada no meio de campo e, só usando a cabeça, levaram a bola até a área e na frente do goleiro cabeceou a bola para Lima que marcou um dos mais bonitos gols da história santista. O lance arrancou aplausos até da torcida gremista.

4 – Toninho Guerreiro – (283 gols).

toninhoguerreiro

Antônio Ferreira é o quarto maior artilheiro do Santos. Sua história no futebol começou a ser construída no Noroeste de Bauru em 1960. Já em 1963 mudou-se para o time da baixada. Para muitos é o segundo melhor parceiro do Rei do Futebol. Somente perdendo para Coutinho.

Sua convocação para a Copa de 1970 no México só não foi concretizada pois o presidente do Brasil na época desejava a chamada de Dario, então jogador do Atlético-MG. Entre os principais títulos, Toninho foi campeão de 1 Libertadores, 1 Copa e Recopa Intercontinentais e 5 paulistas. 

5 – Feitiço – (214 gols).

feitiço

Luís Macedo Matoso é o único da lista que não esteve presente na Era Pelé. Nascido no início do século XX, Feitiço atuou pelo Santos nas décadas de 20 e 30. Tido como raçudo, tinha um chute “indefensável”. Suas cabeçadas também levavam os goleiros à loucura. Gostava de dar de bico na bola pois sempre queria se antecipar ao adversário, e com várias tentativas com sucesso, aprimorou esse tipo de chute e segundo ele “se acostumou” a fazer.

Sua influência entre os jovens da época levou seu nome à um clube juvenil criado por fãs do craque santista. O “Feitiço Atlético Clube”. Sendo renomeado mais tarde para São Vicente.

► Compre a camisa do Santos e muitas outras camisas oficiais de futebol na Fut Fanatics

Gostaram da lista? Qual jogador da atualidade que pode alcançar esses craques?

 

Compartilhe este link em suas redes sociais:

Você também pode gostar