Camisas de Futebol » Qual é a camisa titular do Vasco da Gama, a preta ou a branca?

Qual é a camisa titular do Vasco da Gama, a preta ou a branca?

by Juliano Buzato
Compartilhe este link em suas redes sociais:

Uma duvida que muitas pessoas tem é: “Qual é a camisa titular do Vasco da Gama, a preta ou a branca?”. Esta é uma pergunta que muitos leitores nos fazem, e não é por menos, já que o clube utiliza tanto a camisa preta, quanto a branca com a mesma frequência em jogos como mandante.

Para esclarecer esta questão, convidamos Dário Lourenço Júnior, autor do livro “Do 1 ao 11 – Onze temporadas da camisa vascaína” que nos trouxe um rico relato sobre a história do manto cruzmaltino. Confira e tire suas dúvidas!

Por Dário Lourenço Júnior

Não há, verdadeiramente, dentre os 13 grandes clubes do futebol brasileiro, uma camisa que desperte até os dias de hoje tanta discussão como a do Vasco. A maioria dos times tem, mesmo em tempos de tanto marketing esportivo, muito bem definido o seu uniforme principal. Aquela camisa titular e histórica que personifica toda identidade da agremiação. Pois é, o Vasco da Gama tem duas. Quando enfileiramos as camisas que contam as histórias destes grandes clubes podemos escolher qualquer uma das duas tradicionais camisas vascaínas que isso não irá causar estranheza. A camisa branca com faixa diagonal preta e preta com faixa diagonal branca tem mesmo peso e representatividade. Parecem destinadas a apontar por si mesmas as escolhas ideológicas dos homens do Vasco de crença nas pessoas sem distinção de cor ou classe social.

Camisas Negras Vasco da Gama

Para aumentar o suspense e “dar pano para mangas”, o clube de raízes portuguesas ainda usou um uniforme diferente nas suas duas primeiras décadas jogando futebol (a modalidade que tornaria o clube famoso). A camisa era toda preta com a cruz (sem faixa diagonal) e isso se deu para diferenciar a camisa do novo esporte do uniforme do Remo. Os integrantes destes esportes rivalizavam na época e a distinção foi necessária. Apenas na década de 30 a faixa diagonal começa a ganhar força no futebol e a primeira aparição da camisa de faixa com a predominância do branco foi apenas em 1938. Já na década de 40 (1943), o Vasco aposenta suas camisas pretas do futebol e o esporte que já havia se tornado protagonista no clube adota em definitivo o design da bandeira e de todas as demais modalidades praticadas pelos vascaínos. Na “faixa do Vasco” o futebol cruz-maltino embala, assiste o apogeu do “Expresso da Vitória” e consagra clube e camisa internacionalmente. A consagração não nos exclui de dúvidas pois o Vasco usava com naturalidade ambas as camisas (inclusive nos jogos decisivos).

Vasco da Gama 1943

Crédito: Netvasco

Se o Vasco, no futebol, jogou por tanto tempo só com um uniforme e sem faixa diagonal e quando finalmente adotou a faixa das demais modalidades não fez distinção entre suas duas versões, como saber qual é a camisa número um? A resposta é simples. A camisa do Club de Regatas Vasco da Gama tem uma razão de ser. Ela é uma reprodução do pavilhão do clube garantida pelo estatuto. E este pavilhão é preto com uma faixa branca em diagonal e uma Cruz de Malta vermelha. Além disso, essa disposição das cores tem uma razão de ser.

bandeira do vasco da gama

Bandeira oficial do Vasco da Gama – Imagem: FUTBOX

A bandeira do Vasco não é apenas uma escolha estética, ela conta uma história. O preto representa os mares nunca antes navegados, as tormentas, o abismo, o fim do mundo conhecido e as mortes que ficaram pelo caminho. A faixa branca é a rota vitoriosa do navegador português e por fim a cruz que representa o povo português, a sua fé e a própria providência.

vasco 1938

Vasco da Gama e sua primeira aparição com a camisa branca. | Crédito: Netvasco

O que gerou dúvida por todos estes anos foi o indiscutível fato do Vasco jogar muito mais de branco do que de preto. E para este fato existem diversas teorias. Uma delas é o fato do Vasco ser do Rio de Janeiro e o preto em uma cidade conhecida pelo Sol e calor nem sempre é aconselhável. Outra, é o fato do Vasco ter formado o “Expresso da Vitória” pouco depois de aposentar as camisas pretas do futebol e o treinador que formou este esquadrão era Ondino Viera que já havia feito história no River Plate. Esse time do Vasco, memorável, teria de branco influenciado as gerações seguintes a manter esta combinação. Por fim, o estádio de São Januário foi um dos primeiros a ter iluminação para jogos noturnos e o Vasco um dos poucos que corriqueiramente jogavam sob a luz artificial sendo o branco uma cor que favorecia nestas condições.

Dário Lourenço Júnior, autor do livro “Do 1 ao 11 – Onze temporadas da camisa vascaína” com consulta ao autor Sérgio Frias de “Eurico Miranda – Todos contra ele” e ao colecionador e pesquisador Paulo Pires.

E aí, você sabia qual era a camisa titular do Vasco da Gama? Deixe seu comentário e compartilhe o link!

Compartilhe este link em suas redes sociais:

Você também pode gostar