Camisas de Futebol » Liga dos Campeões da UEFA: O pináculo do futebol europeu

Liga dos Campeões da UEFA: O pináculo do futebol europeu

by Juliano Buzato
Liga dos Campeões
Compartilhe este link em suas redes sociais:

Nos dias de hoje o futebol é o desporto mais praticado pelo mundo inteiro, contando com mais de 270 milhões de praticantes. Esta enorme popularidade deve-se, e muito, à melhor competição de futebol do mundo, a Liga dos Campeões da UEFA. Esta competição tem a capacidade de prender milhões de pessoas ao ecrã para assistir aos seus jogos, ao mesmo tempo e à mesma hora, um pouco como qualquer casino com rodadas grátis https://www.slotozilla.com/pt/free-spins.

História e Significado da Liga dos Campeões da UEFA

A Liga dos Campeões da UEFA não teve sempre este nome e este formato, sendo que começou, em 1955, por ser denominada como a Taça dos Clubes Campeões Europeus. Esta fantástica liga é uma competição que acontece anualmente na Europa entre os melhores clubes europeus do ano anterior.

Esta competição é muito importante para todos os clubes que conseguem participar nela, uma vez que proporciona uma enorme visibilidade mundial, excelentes prémios de jogo e de patrocínios. Por essa razão, todos os clubes europeus querem participar todos os anos na Liga dos Campeões da UEFA.

Origens e Evolução do Torneio

Como já foi mencionado, a UEFA Champions League teve origem em 1955, mas nem sempre teve o formato atual. No seu início, apenas os clubes campeões de cada campeonato europeu tinham o direito de participar na competição. Para além disso, todo o torneio da Taça dos Clubes Campeões Europeus era em eliminatórias. Para delinear o sorteio, as equipes eram divididas em dois potes:

  • Pote 1 era destinado às equipes do Norte da Europa (Irlanda do Norte, Inglaterra, Noruega, França, Países Baixos, etc);
  • Pote 2 era destinado às equipes do Sul da Europa (Portugal, Espanha, Roménia, Grécia, Checoslováquia, etc).

Após o sorteio, as equipes defrontavam-se em dois jogos, sendo que cada equipe tinha o direito de jogar uma partida em casa. Assim, os resultados eram somados e passava o clube que obtivesse o maior número de golos em ambas as partidas. Qualquer clube para ser campeão tinha de ultrapassar todas as eliminatórias:

  • Primeira Fase;
  • Segunda Fase;
  • Quartos de final
  • Meias finais;

Nos dias de hoje, a estrutura do torneio já teve algumas variações desde a sua criação, sendo que está em constante atualização e mudança, para promover um evento desportivo ainda mais admirado pelos fãs do futebol mundial. A edição de 2024/25 da UEFA Champions League vai sofrer uma enorme revolução, explicaremos mais à frente o que irá acontecer.

Importância na Cena Futebolística Mundial

A Uefa, com a Liga dos Campeões, tenta, a todo o momento, promover diversas causas sociais. Devido ao enorme populismo desta competição, essas promoções são muito bem sucedidas e causam um enorme impacto a nível mundial, como é o caso da manifestação “No To Racism”.

Atualmente, o recorde de audiência de um jogo da Liga dos Campeões da UEFA está em 360 milhões de espectadores, no jogo da final de 2012/13, entre o Borussia de Dortmund e o Bayern de Munique, sendo vencido pelo Bayern por duas bolas a uma.

Estrutura do Torneio

A edição da Liga dos Campeões de 2023/24 será a última com o formato mais conhecido pelos jogadores e fãs. A partir do ano que vem, a Uefa Champions League mudará, por completo, o formato. Venha entender quais as diferenças principais dessa mudança.

Qualificação e Fases de Grupos

A Liga dos Campeões, todos os anos, tem o seu início oficial muito antes da fase de grupos. Diversos clubes pela Europa, que não têm lugar garantido na fase de grupos, têm de lutar, entre si, por uma vaga na tão desejada fase de grupos da UEFA Champions League.

Estes clubes que não têm entrada garantida, para conseguirem fazer parte, oficialmente, da Liga dos Campeões do respectivo ano, necessitam de ultrapassar uma fase de Qualificação (até quatro jogos) . Esta fase inicial é composta por clubes campeões de campeonatos menos ranqueados e por clubes que ficaram em segundo ou terceiro em alguns campeonatos mais prestigiados da Europa. Esta distribuição e favoritismo rege-se pelo ranking obtido por cada país.

Até este ano, estava delineado que o torneio começava com uma fase de grupos com 32 clubes, distribuídos por oito grupos. A formação, a qualificação e os jogos destes grupos têm algumas regras, tais como:

  • 8 grupos de 4 equipes;
  • Os clubes são divididos por 4 Potes (Dos mais ranqueados e campeões de cada país para os clubes menos pontuados);
  • Clubes do mesmo país não podem estar no mesmo grupo;
  • Os clubes defrontam-se entre si duas vezes, formato de ida e volta;
  • O primeiro e o segundo lugar passam para a fase a eliminar.

Contudo, a fase de grupos, a partir do próximo ano, não será desta forma. O novo formato da Uefa Champions League vai poder contar com 36 clubes participantes. Para além disso, a formação de grupos não existirá, pois todos os clubes estarão no mesmo grupo. No entanto, cada equipe disputará os mesmos oito jogos, sendo metade em casa e metade fora.

Qualificação e Quartos de Final, Meias-Finais e Fase Final

Os clubes, atualmente, para conseguirem qualificar-se para as fases a eliminar, têm de ficar entre os dois primeiros de cada grupo. Existe uma vantagem bastante evidente em ficar em primeiro lugar do grupo, pois esses clubes serão colocados num Pote de sorteio onde apenas irão defrontar clubes que tenham ficado em segundo lugar no seu respetivo grupo.

Para chegar à tão desejada final, o formato a eliminar continuará praticamente igual nas próximas edições, sendo que os oitavos, quartos, meias e final ficarão como conhecemos. No entanto, nos próximos anos, existirá um play-off para as equipes que terminarem entre a nona e vigésima quarta posição do grupo, sendo que os vencedores terão acesso aos oitavos finais da competição. As equipes apuradas são sorteadas juntamente com as nove primeiras equipes e terão de jogar entre si dois jogos até à final. A final é realizada num único jogo e em campo neutro escolhido pelo comité da Uefa.

Equipes e Jogadores de Destaque

A UEFA tenta promover ao máximo a sua maior competição de clubes europeus, por essa razão está sempre em constante evolução e mudança para atender as preferências dos fãs deste desporto. Contudo, muita dessa visibilidade é dada não só pela qualidade da competição, mas, também, pelos clubes e jogadores que se destacam, todos os anos, nela.

Quando se fala em UEFA Champions League há um clube que vem sempre às mentes das pessoas, o Real Madrid. O clube da capital espanhola apresenta o recorde de competições ganhas, conseguindo sair vencedor em 14 delas, mais que qualquer clube europeu.

Para além disso, existem nomes que estão diretamente ligados à competição, como é o caso do Cristiano Ronaldo. O jogador português, vencedor de 5 Champions League, tem diversos recordes da competição consigo:

  • Maior marcador de sempre da competição (140 golos);
  • Melhor marcador por 6 vezes;
  • Maior marcador de sempre numa só edição (17 golos em 2013/14);
  • Maior número de jogos (183 jogos);
  • Marcador em 3 finais;
  • Maior número de prémios de melhor jogador da Uefa (4 vezes);
  • Maior número de presenças na Equipe do Ano da Uefa (15 vezes).
Compartilhe este link em suas redes sociais:

Você também pode gostar

Este site usa cookies para garantir que você tenha uma melhor experiência. Aceito Leia Mais!