Camisas de Futebol » Juventude usa camisas de futebol para incentivar doação de órgãos

Juventude usa camisas de futebol para incentivar doação de órgãos

by Juliano Buzato
Juventude usa camisas de futebol para incentivar doação de órgãos
Compartilhe este link em suas redes sociais:

O EC Juventude vem fazendo uma campanha de destaque na série A do Brasileirão 2021, e fora de campo resolveu mostrar também a sua grandeza, ao criar uma campanha incentivando a doação de órgãos através de selo aplicado em camisas de futebol.

Atualmente no Brasil são mais de 50 mil pessoas que aguardam por um órgão na fila de transplante. O que é mais alarmante é que cerca de 2,5 mil pessoas acabam perdendo a vida todos os anos por não conseguir esse transplante a tempo.


Para chamar a atenção do público para este tema importante, o Jaconero lança a campanha “Setembro Verde” que usa de um forte e significativo elemento: a rivalidade.

Por todo este mês de setembro, torcedores de qualquer time podem levar suas camisas ao estádio Alfredo Jaconi e aplicar, de forma gratuita, um selo personalizado com a frase “SOU DOADOR DE ÓRGÃOS”.

EC Juventude Doação de Órgãos

Foto: Fernando Alves/ECJuventude

A ação foi desenvolvida pelo Departamento de Comunicação e Marketing do Juventude após muita pesquisa com especialistas, médicos, ONG’s, secretarias municipais e diversas outras entidades, com isso, ficou claro que muitas vezes, as famílias não são avisadas sobre o desejo do ente em ser doador, por isso, o clube resolveu utilizar as camisas de futebol para que essa mensagem fique clara para seus próximos.

Para exemplificar esta importância, foi lançado o vídeo “O jogo da vida” com duas histórias com desfechos diferentes, para que fique bem claro para o público como a doação de órgãos é essencial para a continuidade de uma vida. Confira abaixo:

► Compre camisas do Juventude na FutFanatics

O que acharam do Juventude usar camisas de futebol para incentivar a doação de órgãos? Compartilhe o link nas redes sociais!

Compartilhe este link em suas redes sociais:

Você também pode gostar