Camisas de Futebol » A história da numeração nas camisas do Celtic FC

A história da numeração nas camisas do Celtic FC

by André Coutinho
Compartilhe este link em suas redes sociais:

Recentemente, trouxemos por aqui a interessante história da origem da numeração nas camisas de futebol. Pois bem, o leitor Jefferson Henrique nos lembrou, nos comentários, sobre como o Celtic FC aderiu à prática.

Fomos pesquisar sobre a questão e encontramos uma descrição bem legal e detalhada dos fatos. Confira abaixo:

Mas por que dar tanto destaque a essa história? Acontece que até os anos 90, o clube repudiava ter de colocar números nas costas, “quebrando” as listras alviverdes. Por isso, protagonizou grandes momentos do design, como estampar números nas mangas e na parte de trás dos calções.

A história da numeração nas camisas do Celtic FC

Demorou um pouco para que os números se tornassem um elemento permanente na Escócia.  Foi somente em 1950 que os times do país passaram a usar números, exceto o Celtic. O presidente do clube na época, Robert Kelly, foi quem alegou pioneiramente que a implantação os números estragaria o modelo tradicional da equipe, o que foi apoiado por Desmond White, que afirmou que a camisa “não se prestava a números”. A primeira vez que o clube utilizou um número pós 1950 foi 10 anos depois, quando, “com muito esforço”, segundo o próprio time,colocou-os nos calções no jogo contra o Sparta Rotterdam, em 14 de maio, que os Hoops venceram por 5 a 1.

A história da numeração nas camisas do Celtic FC

A obrigação da numeração na UEFA se deu somente em 1975, quando eles tinham que ser pretos e usados ​​na parte de trás das camisas, de 1 a 11 para os titulares e 12 a 16 os substitutos. Curiosamente, o número 13 poderia ser eliminado se um jogador fosse supersticioso. Apesar da relutância do Celtic em cooperar com a nova regra, eles ficaram sem opção e os números finalmente apareceram em 05 de novembro, pela primeira vez nas costas em um jogo oficial. Foi na noite em que a equipe enfrentou o Boavista na Copa dos Vencedores da UEFA e venceu por 3 a 1, garantindo a classificação.

A história da numeração nas camisas do Celtic FC

A equipe até deu o braço a torcer anteriormente, em uma partida amistosa contra o Sedan, na França. O Celtic usou números amarelos, mas era praticamente impossível lê-los, devido às listras, o que deu mais motivos para manter seus shorts numerados.

A história da numeração nas camisas do Celtic FC

Porém, chegou um momento que essa tradição teve de ser quebrada. Em 1994, a liga escocesa tomou uma atitude drástica e finalmente obrigou o Celtic a estampar o número nas costas da camisa, o que é praticado até hoje. A “estreia” do número nas costas foi no “Old Firm”, contra o Rangers.

Ainda ocorreram alguns casos excepcionais na história do time, que tiveram as numerações como destaque. Em setembro de 1973, os jogadores vestiram o número 8 em seus calções no primeiro jogo em casa na temporada, afim de comemorar as vitórias consecutivas.

Celtic-Jimmy-Johnstone-2006

Outro foi em 2006, na final da Copa da Liga, quando os jogadores usaram o número 7 em seus calções para homenagear a lenda celta Jimmy Johnstone, que acabara de falecer. Os jogadores se aqueceram e entraram no campo de jogo também usando o número 7 na parte de trás das jaquetas de treinamento. E apesar de terem o seu próprio nome e números nas suas camisas para a partida, mudaram para ”Johnstone  7″ nas costas para a apresentação do troféu.

► Compre camisas de futebol na FutFanatics

O que achou da história da numeração nas camisas do Celtic FC? Deixe seu comentário e compartilhe o link nas redes sociais!

Veja também: 

Conheça a origem das numerações nas camisas de futebol

Compartilhe este link em suas redes sociais:

Você também pode gostar