Camisas de Futebol » Le Coq Sportif, a marca do galo

Le Coq Sportif, a marca do galo

by Juliano Buzato
LE Coq Sportif
Compartilhe este link em suas redes sociais:

A francesa Le Coq Sportif é uma das mais tradicionais fornecedoras de material esportivo do mundo. No entanto, a marca há muitos anos não tem uma presença oficial no mercado nacional, mas agora em 2019 ela retorna para ser a nova fornecedora do Atlético-MG e este é um bom momento para falarmos da história dela e relembrarmos algumas de suas principais passagens pelo futebol brasileiro e mundial.

História e  criação da “marca do galinho”

A história da Le Coq começa em 1882, quando Emile Camuset abriu uma loja de meias em Romilly-sur-Seine, condado localizado em Aube, na região de Champanha-Ardenas, muito conhecida pela produção do champanhe, famoso vinho espumante.

O Sr Camuset era aficionado por esportes e começou a fazer camisas esportivas em sua pequena oficina e deu o primeiro passo para que a Le Coq Sportif se tornasse o que é hoje.

Já nos anos 20, a marca criou seu primeiro catálogo e se especializou em criar roupas para ciclistas, além de patrocinar jogadores de futebol, basquete, rúgbi, tênis e automobilismo.

Foi apenas em 1948 que surgiu o nome “Le Coq Sportif” (O Galo Esportivo) e o simpático galinho começou a ser usado como símbolo. Sua inspiração vem do galo gaulês, um dos principais símbolos nacionais da França que vinha acompanhado do forte slogan “La marque des champions” (A marca dos campeões).

evolução do logo da Le Coq Sportif

Evolução do logo da Le Coq Sportif

Na década de 50, a Le Coq Sportif começou a se tornar uma das principais fornecedoras esportivas, se tornando patrocinadora do tradicional “Tour de France”, onde todos os ciclistas utilizavam roupas assinadas pela marca. Nos anos 60, a fornecedora passa a fabricar uniformes para a Seleção Francesa de Futebol, parceria essa que durou até o início da década de 70.

Le Coq Sportif no futebol

Maradona 1986 Le Coq Sportif

Foi nos anos 80 que a marca ganhou grande destaque no futebol mundial e nos gramados brasileiros. Apesar de não estampar a marca na camisa, a Le Coq Sportif era quem fornecia a camisa para a Seleção Italiana, campeã em 1982 e teve seu auge em 1986, quando o mundo todo viu o galinho estampado na camisa de Diego Maradona, que levantou o troféu do bicampeonato mundial da Argentina.

Aqui no Brasil, os anos 80 também pode ser considerado o auge da marca. Durante esta época, a marca foi fornecedora do Atlético-PR, São Paulo, Ferroviário, Internacional, entre outros, e esteve ao lado de Fluminense (1984) e Sport Recife (1987) em seus títulos nacionais.

Le Coq Sportif Paraná Clube

Reprodução: @colecionador_paranista

Uma das últimas aparições da Le Coq Sportif no Brasil foi no ano de 2003, quando o Paraná Clube vestiu rapidamente uniformes assinados pela marca.

Atualmente dois clubes tradicionais no cenário esportivo europeu vestem uniformes da Le Coq Sportif, a Fiorentina, da Itália, e o Saint-Étienne, maior vencedor da França. Na Argentina, o Gimnasia La Plata também tem a marca como fornecedora desde 2017.

Le Coq Sportif no Galo

Atlético-MG Le Coq Sportif

A especulação da Le Coq Sportif no Atlético-MG surgiu em uma matéria do Globoesporte.com, onde a marca, junto com a Kappa, era apontada como provável substituta da Topper no uniforme do clube.

Rapidamente os torcedores elegeram a marca como favorita na disputa, já que o símbolo dela, um galo, é o mesmo do clube, o que de cara já traz uma grande identificação entre as marcas. Alguns já começaram inclusive a fazer mock-ups imaginando como será os uniformes da fornecedora para o Atlético.

Neste final de semana, tanto o Globoesporte.com, quanto alguns jornalistas especializados no dia a dia do Galo já cravavam que o acordo estava fechado e a marca substituiria de fato a Topper, apresentando os novos uniformes antes mesmo do início do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (24), o Atlético oficializou a parceria mas deu poucos detalhes. Há bastante curiosidade em saber como funcionará a operação da marca no Brasil, já que atualmente não existe nenhum escritório da empresa por aqui. Veja abaixo a nota oficial do clube.

“A Le Coq Sportif é a nova fornecedora de material esportivo do Clube Atlético Mineiro. Os detalhes da nova parceria serão comunicados posteriormente, assim como a data de lançamento da coleção 2019. Até lá, a Topper continuará fornecendo material esportivo para o Atlético.”

Veja também: 

[+] Kappa ou Le Coq Sportif no Atlético-MG? Analisamos o cenário!

O que achou da história da Le Coq Sportif, marca francesa, que será a nova fornecedora do Atlético-MG?

Compartilhe este link em suas redes sociais:

Você também pode gostar