Camisas de Futebol » Coca-cola e o patrocínio nas camisas da Copa União em 1987

Coca-cola e o patrocínio nas camisas da Copa União em 1987

by André Coutinho
Coca-cola e o patrocínio nas camisas da Copa União em 1987
Compartilhe este link em suas redes sociais:

A Copa União é, até os dias atuais, um grande marco no futebol brasileiro. Apesar de toda polêmica que envolve o título de campeão brasileiro em 1987, é inegável que a competição foi uma grande revolução no que vinha sendo realizado por aqui, com campeonatos de 60, 80 e até 94 equipes, regulamentos “estranhos”, entre outras coisas.

A Copa também marcou o começo do Clube dos 13, que na época surgiu para bater de frente com a CBF, porém acabou extinto anos depois.

Mas hoje, vamos focar na questão dos patrocinadores de camisa daquela competição.

Copa União teve um patrocinador “quase exclusivo” nas camisas, a Coca-Cola

Copa União x Coca-Cola Quando o Brasileirão teve um patrocinador quase exclusivo

Quando foi concebida, a Copa União teve apoio de grandes empresas brasileiras. Para o transporte das equipes aos jogos, a Varig fechou contrato de exclusividade, mesma prática da Rede Globo na televisão, que pôde transmitir os jogos para as cidades onde eram realizados e um sorteio definiria qual jogo seria transmitido para todo o país.

Copa União x Coca-Cola Quando o Brasileirão teve um patrocinador quase exclusivo

E nas camisas, a Coca-Cola, esta multinacional, foi a responsável por estampar sua logo. Porém, como já haviam algumas equipes com parcerias fechadas, caso de Corinthians (Kalunga), Flamengo (Petrobras), Internacional (Aplub), Palmeiras (Agip), Santos (Suvinil) e São Paulo (BIC), ela só apareceu nos mantos de 10 times. Além disso, precisou trocar a cor de sua logo, do vermelho para preto nas camisas de Grêmio, Coritiba (exceto goleiros) e Botafogo, por causa dos rivais dessas equipes.

Copa União x Coca-Cola Quando o Brasileirão teve um patrocinador quase exclusivo

Sendo assim, Atlético-MG, Bahia, Botafogo, Coritiba, Cruzeiro, Fluminense, Goiás, Grêmio, Santa Cruz e Vasco desfilaram seus uniformes com o nome da empresa e receberam, cada equipe, US$ 1.75 milhões.

Copa União x Coca-Cola Quando o Brasileirão teve um patrocinador quase exclusivo

A multinacional ainda propôs estampar sua marca no círculo central durante as partidas, o que foi terminantemente proibido pela FIFA depois de um tempo.

Após o término da competição, as equipes permaneceram com a logomarca da Coca-Cola em suas camisas, tendo o Internacional entrado na lista da marca posteriormente.

Copa da França tem exclusividade de patrocínio

Copa União x Coca-Cola Quando o Brasileirão teve um patrocinador quase exclusivo

Só a título de curiosidade, atualmente, a Copa da França é uma competição que possui exclusividade de um patrocinador, no caso a PMU, que estampa sua logo nas camisas de todas as equipes.

Antigamente, a competição também tinha exclusividade de fornecimento de material esportivo, que na ocasião era a Adidas. Por conta disso, o PSG chegou a atuar vestindo Nike e Adidas na mesma temporada. Relembre aqui!

O que achou da parceria entre Copa União e Coca-Cola, que patrocinou quase todos os times da competição?

Compartilhe este link em suas redes sociais:

Você também pode gostar