Camisas de Futebol » A histórica camisa azul da Argentina feita às pressas para o jogo contra a Inglaterra

A histórica camisa azul da Argentina feita às pressas para o jogo contra a Inglaterra

Manto usado no épico jogo da Copa do Mundo de 1986, teve participação de Diego Maradona

by Juliano Buzato
Compartilhe este link em suas redes sociais:

No dia 22 de junho de 1986, ocorreu uma das partidas mais memoráveis da história do futebol, onde a Argentina venceu a Inglaterra por 2-1 no Estádio Azteca, durante a Copa do Mundo, disputada no México.

Nesse jogo, o craque Diego Maradona foi responsável por dois dos mais marcantes gols da história das Copas do Mundo.

La Mano de Dios

O primeiro deles, é conhecido como o gol mais polêmico da história dos Mundiais, onde Maradona utilizou a mão para bater o goleiro do English Team. E se o primeiro tento, até hoje é motivo de discussões devido à sua ilegalidade, o segundo não poderia receber uma alcunha mais justa, e até hoje é conhecido como “O gol do século”. Nele, o camisa 10 driblou meio time inglês e foi parar dentro das redes.

Neste mesmo ano, a Argentina se sagrou pela segunda vez campeã mundial, em final disputada contra a Alemanha Ocidental, no qual os Hermanos não teriam chegado, se não fosse a mão do “Pibe de Oro”.

O que poucos sabem é que a bela camisa azul com gola V utilizada no jogo das quartas de final era diferente da camisa reserva feita para este mundial pela Le Coq Sportif, e que acabou sendo o talismã em um dos jogos mais importantes da história das Copas do Mundo, onde além de futebol, representava a redenção dos argentinos em cima dos ingleses logo após o final da Guerra das Malvinas.

Acima, a camisa usada pela Argentina durante as oitavas de final contra o Uruguai.

Esta foi a camisa usada pela Argentina durante as oitavas de final contra o Uruguai

Para 1986, a Argentina levou camisas Air-Tech, mas só o primeiro uniforme, o alviceleste, tinha essa característica. Contra o Uruguai, nas oitavas, a equipe jogou com o segundo uniforme, com uma camiseta azul-marinho feita de algodão. O técnico Carlos Bilardo se preocupou: contra a Inglaterra, nas quartas de final, ao meio-dia na Cidade do México, os jogadores não podiam usar aquela “armadura”.

Na camisa usada contra a Inglaterra, repare na diferença do tecido e na aplicação do escudo e do logo da Le Coq Sportif

Na camisa usada contra a Inglaterra, repare na diferença do tecido e na aplicação do escudo e do logo da Le Coq Sportif

O técnico pediu à marca que confeccionava os uniformes à época que fizesse camisas azuis, mais leves. “Impossível em tão pouco tempo” foi a resposta. A três dias do jogo, mandou Rubén Moschella, um colaborador, percorrer as lojas da capital mexicana. Ele voltou com dois modelos azuis, feitos pela mesma marca. Pesaram as duas, mas não se decidiram – até que apareceu Diego Maradona. O camisa 10 apontou uma delas e disse: “Que linda esta camisa. Com ela ganhamos da Inglaterra”.

Camisa da Argentina usada no jogo contra a Inglaterra em 1986

Moschella voltou à loja e comprou 38 das camisetas escolhidas pelo capitão. Um desenhista rascunhou de urgência o escudo da Associação do Futebol Argentino, costureiras coseram o distintivo em cada camisa e uns números prateados, usados no futebol americano, foram fixados a ferro de passar no dorso. Horas depois, Maradona faria história primeiro com “A mão de Deus” e depois com um dos gols mais bonitos da história – ambos com uma camisa comprada às pressas em uma loja qualquer da Cidade do México.

Você sabia dessa curiosidade sobre a camisa azul da Argentina usada nas quartas de final contra a Inglaterra na Copa do Mundo de 1986 no México?

Compartilhe este link em suas redes sociais:

Você também pode gostar