Camisas de Futebol » Presidente do Boca diz que nova camisa preta não será usada

Presidente do Boca diz que nova camisa preta não será usada

by Juliano Buzato
Compartilhe este link em suas redes sociais:

Terceira camisa preta do Boca Juniors 2016 Nike 2

Apesar de agradar bastante visualmente pelas suas cores, o novo uniforme preto e dourado não foi unanimidade e desagradou demais uma das pessoas mais importantes do clube, o presidente do Boca Juniors.

“Fiquei bastante irritado, pois eu sou o presidente, eles tem que pedir a minha permissão para lançar uma camisa preta”, afirmou Daniel Angelici.

Foi dessa maneira que o presidente xeneize se referiu ao lançamento da nova terceira camisa preta do Boca Juniors apresentada na última terça-feira pela Nike.

“Não usaremos a camisa preta, não gosto de saber das notícias pelos jornais”, finalizou o indignado mandatário em entrevista para a Fox Sports.

O principal jogador do time, Carlitos Tevez posou para o lançamento, mas o presidente disse não ter sido consultado sobre o novo uniforme. Estranho!

O principal jogador do time, Carlitos Tevez posou para o lançamento, mas o presidente disse não ter sido consultado sobre o novo uniforme. Estranho!

Com essa nova polêmica, este passa a ser o terceiro kit alternativo da Nike a ter “problemas de relacionamento” recentemente.

Em 2014, a camisa rosa foi sucesso de vendas, mas foi utilizado uma única vez pelo clube, já que sofreu bastante retaliação dos torcedores organizados que não aceitavam ver o clube vestido nessas cores.

Já em 2015, um uniforme neon foi lançado na cor amarelo fluorescente e também foi utilizado em poucas ocasiões pois não contou novamente com a aceitação da torcida.

O River Plate, maior rival do Boca no país, também inovou nesta temporada e lançou um uniforme laranja em homenagem ao título conquistado em 1986 dentro da Bombonera, apesar do motivo, também não foi boa a aceitação do uniforme entre os torcedores do Millonarios.

Essas reações na Argentina, mostram que não é só no Brasil que as marcas enfrentam uma grande dificuldade de inovar e colocar cores diferentes, como é feito de maneira mais tranquila em clubes europeus.

O desafio então, passa a ser as fornecedoras olharem com mais atenção para o que o mercado sul-americano espera de inovação nesse sentido, já que está provado que não funciona apenas replicar as estratégias utilizadas na Europa.

► Compre a camisa de clubes sul-americanos na Fut Fanatics

O que achou do fato do presidente do Boca Juniors não aceitar a nova camisa preta do clube?

Compartilhe este link em suas redes sociais:

Você também pode gostar