Semana passada nós informamos aqui no Mantos do Futebol que a Puma estava próxima de ser a próxima fornecedora do Olympique de Marseille, e está informação está cada vez mais próxima de ser confirmada, isso porque nesta segunda-feira, a Adidas confirmou que está de saída do clube francês.

A não renovação entre o OM e a Adidas tem um grande impacto no cenário do fornecimento esportivo mundial, isso porque a relação entre as partes era uma das mais longevas da história.

Iniciada em 1974, a parceria teve um hiato de dois anos durante 1993 e 1994, por conta do clube francês ter se envolvido em uma polêmica de compra de resultados, o que fez com que a equipe, campeã da Champions League, não pudesse disputar a Copa Intercontinental daquele ano contra o São Paulo (para quem não se lembra, o Tricolor enfrentou o Milan, que era vice-campeão na época) e fosse rebaixada para a segunda divisão francesa.

O adeus da Adidas ao Olympique no entanto, deve acontecer apenas na temporada 2018-2019, já que o contrato entre as partes ainda tem mais um ano de extensão.

Em nota, a Adidas desejou sorte ao Olympique e prometeu continuar acompanhando o clube. “Claro que, como uma marca líder no futebol europeu, a Adidas continuará acompanhando o OM e desejando que o clube tenha sucesso nas conversas com seu novo fornecedor”.

“De nosso lado, continuaremos nosso plano estratégico que tem como lema ‘Creating the new’ (Criando o novo), abordagem que nos faz estar ao lado daqueles que buscam criar e reinventar o esporte, não só hoje, mas também amanhã”, alfinetou a marca alemã.

Puma deve ser a nova fornecedora

Quem deve substituir as três listras no fornecimento esportivo é a Puma, que fez uma proposta similar a da Adidas, mas cedeu ao clube a operação das lojas oficiais do clube, exigência principal e que emperrou a renovação com a atual parceira. (Saiba mais sobre o possível acordo com a Puma aqui!)

 

► Compre camisas do Olympique de Marseille na Fut Fanatics

Quem vocês gostariam de ver fornecendo os uniformes do Olympique de Marseille com a saída da Adidas?