Camisas de Futebol » Adeus marca própria? Coritiba busca fornecedora para 2021

Adeus marca própria? Coritiba busca fornecedora para 2021

by André Coutinho
Coritiba 1909
Compartilhe este link em suas redes sociais:

As marcas próprias se mostraram uma grande tendência no Brasil nos últimos anos, mas nem todas acabaram tendo sucesso por aqui, e ao que parece, mais um time pensa em desistir e voltar a ter uma fornecedora tradicional em 2021, o Coritiba, que lançou a 1909 Sports em 2018.

Segundo o jornalista Fernando Rudnick do UmDois Esportes (Gazeta do Povo), a nova diretoria do Coxa, presidida por Alberto Follador, tem planos de fechar com uma fornecedora de renome em curto prazo. “Está no nosso campo de visão e não é algo para médio prazo, é para curto prazo. Mas ainda são conversas iniciais, não há nada acertado”, afirmou o mandatário.

Segundo o perfil Verdade Alviverde, que cobre os bastidores do Coritiba, o clube estaria negociando com a Kappa para ser sua nova fornecedora. Atualmente, a marca italiana possui acordos com Vasco da Gama, Botafogo, Clube do Remo e Botafogo-SP, e entre o diferencial está a possibilidade dos clubes participarem da criação dos uniformes e terem participação maior nas vendas.

Camisas do Coritiba 2020-2021 1909 1

Mesmo que o Coritiba deixe de vestir uniformes de outra fornecedora, isso não significa o fim da 1909, que deve passar a focar nos produtos de venda, como camisas retrôs e casuais. “O mostruário dos fornecedores internacionais é muito restrito. Eu diria que é de um terço dos materiais que vendemos hoje. Então, temos de complementar o mostruário. E a ideia é fazer isso com a 1909, exigindo uma maior qualidade em relação ao material existente”, detalhou o presidente.

Segundo o UmDois Esportes, o relatório financeiro do Coritiba de dezembro de 2020 aponta um crescimento de 692% com a “1909” em relação à Adidas, que fornecia material entre 2016 e 2017, na gestão de Rogério Bacellar. A marca própria rendeu R$ 1,97 milhão em 2019, enquanto a receita anual foi de R$ 250 mil com a empresa alemã e de R$ 502 mil com a Nike (2012 a 2015). O clube não divulgou os dados do ano passado.

Uma grande reclamação da torcida nas mídias sociais é de que os produtos da 1909 não trazem qualidade condizente com o preço praticado e muitos aprovaram a possível chegada da marca italiana.

► Compre camisas do Coritiba na FutFanatics

O que achou do Coritiba estar um busca de uma fornecedora para 2021? Compartilhe o link nas redes sociais!

Compartilhe este link em suas redes sociais:

Você também pode gostar