Umbro e Vasco conversam sobre renovação

O Vasco da Gama passa por uma grande indefinição política neste final de ano, após uma eleição extremamente conturbada, cheia de polêmicas e reviravoltas. Não se sabe ainda definitivamente quem será o novo presidente do clube em 2018 e isso causa grandes problemas nos bastidores em outros setores da equipe, como por exemplo em quem será a fornecedora de material esportivo da equipe para o ano que vem.

A atual fornecedora, Umbro, busca uma renovação de contrato, algo que a equipe de São Januário também deseja, porém, em um primeiro encontro, não houve acordo, pois segundo blogs que acompanham o dia a dia do clube, a proposta oferecida pela marca inglesa foi menor do que o contrato atual com o time que gira em torno de R$ 56 milhões, entre material, patrocínio e royalties, R$ 8 milhões por ano, cerca de R$ 600 mil mensais.

Estariam observando de perto, duas empresas: Topper e New Balance, que gostaria de ingressar no mercado brasileiro, mas segundo o Globo Esporte, ainda não fizeram nenhuma proposta oficial.

Com a Libertadores começando ainda em janeiro e a representação do elenco marcada para o dia 03, o Vasco quer resolver logo essa questão. A questão logística dá uma grande vantagem para a Umbro, que já possui todos os caminhos e ferramentas para abastecer o clube.

Qual marca gostaria de ver nos uniformes do Vasco da Gama em 2018?