Camisa da Colômbia Copa do Mundo 1990 Adidas | Mantos do Futebol Camisas de Futebol 

Camisa da Colômbia Copa do Mundo 1990 Adidas

Adidas lançou camisas para suas seleções para a Copa do Mundo, com inspiração em modelos utilizados no passado. Entre elas, está o modelo lançado para a Colômbia, que irá para sua segunda Copa do Mundo seguida, a sexta em sua história.

O manto para 2018 é inspirado naquele utilizado pelos “Cafeteros” na Copa do Mundo de 1990, uma camisa bem marcante na história da seleção que iremos recordar agora!

Colômbia na Copa do Mundo de 1990

Camisa da Colômbia Copa do Mundo 1990 Adidas

A Colômbia chegou à Copa do Mundo de 1990 após um hiato de 28 anos sem disputar a principal competição do futebol. Naquele ano, a seleção era considerada uma das forças da América do Sul, já que trazia em seu elenco jogadores que formavam a base do time do Atlético Nacional, campeão da Libertadores da América no ano anterior, além de jogadores que se destacaram bem nas eliminatórias, como Carlos Valderrama, Freddy Rincón e Leonel Álvarez.

Em 1990, a Copa do Mundo era composta por 24 seleções, divididas em seis grupos de quatro equipes. Se classificavam as duas melhores de cada um e mais quatro melhores terceiras. Os colombianos caíram no Grupo D, com a Alemanha, até então vice-campeã nas duas últimas edições, Iugoslávia e Emirados Árabes Unidos, um grupo difícil.

A primeira partida, contra os árabes, era tida como a mais tranquila e com a obrigação de vitória. Ela veio com gols de Redín e Valderrama e um placar final de 2×0.

A segunda partida, contra a Iugoslávia, que havia perdido da Alemanha na estreia, serviria para garantir os colombianos nas oitavas de final, porém, com um gol de Jozic, a Colômbia acabou derrotada por 1xo.

O jogo contra a Alemanha acabou se tornando de vida ou morte, pois, caso fosse derrotada, a Seleção Colombiana estaria praticamente eliminada da competição. Mesmo jogando contra os futuros campeões, a Colômbia mostrou um bom futebol e conseguiu um empate, sofrido, na raça, no último lance, com gol de Rincón, um minuto após Littbarski abrir o placar.

AFP PHOTO (Photo credit should read STAFF/AFP/Getty Images)

A Colômbia então se classificou para as oitavas como uma das melhores terceiras colocadas para encarar Camarões, que havia se classificado em primeiro no Grupo A, batendo Argentina, atual campeã, Romênia e a União Soviética, campeã olímpica.

O jogo foi muito disputado e terminou 0x0, tendo na prorrogação as principais emoções. No primeiro minuto do segundo tempo extra, Roger Milla recebeu a bola na entrada da aérea, passou o zagueiro colombiano e bateu para abrir o placar. Dois minutos depois, René Higuita perdeu a bola para o mesmo Milla na intermediária e o camaronês tocou para o gol vazio, eternizando sua comemoração na bandeirinha de escanteio. A Colômbia ainda tentou reagir e conseguiu marcar com Redín aos 10 do segundo tempo, após bela jogada com Valderrama, mas acabava ali a Copa para os cafeteros.

A camisa da Colômbia 1990

Camisa da Colômbia Copa do Mundo 1990 Adidas

Curiosamente, o modelo no qual foi inspirada a camisa da Colômbia para a Copa de 2018 era o reserva em 1990. Naquela época, a seleção atuava com camisas vermelhas como modelo titular, cor que dizem, tinha relação com Pablo Escobar.

O modelo reserva, amarelo, trazia três largas listras que ligavam as mangas e as axilas, nas cores vermelha e azul. As três listras da marca eram dispostas nos ombros, na cor vermelha, enquanto a gola era amarela.

A Adidas estampava uma versão vermelha de sua logomarca no lado direito do peito, enquanto o escudo da Federação Colombiana era colocado no lado esquerdo, em sua versão padrão na época.

Completavam o uniforme, calção azul e meiões amarelos.

A camisa da Colômbia 2018

Camisa da Colômbia 2018-2019 Adidas

O modelo para 2018 é visualmente inspirado no modelo de 1990, com poucas mudanças aparentes. O amarelo predominante tem um tom mais claro do que o de 27 anos atrás e as três listras largas saem das mangas, aparecendo somente nas laterais do corpo, tendo agora um detalhe extra que são algumas linhas verticais.

Outra mudança é na cor as três listras da marca, que continuam nos ombros, mas agora em azul marinho. A gola permanece amarela, mas possui contorno na cor azul marinho.

A Adidas estampa novamente sua logomarca no lado direito do peito, mas agora em azul, enquanto o escudo da Federação Colombiana é novamente colocado no lado esquerdo, em sua versão padrão.

Completam o uniforme, calção azul e meiões vermelhos.

O novo uniforme causou polêmica nesta semana, não pelo design, mas sim pela campanha de lançamento. Relembre clicando aqui.

O craque: Carlos Valderrama

Camisa da Colômbia Copa do Mundo 1990 Adidas

Camisa 10 e capitão da seleção na Copa do Mundo de 1990, Carlos Valderrama atuava no Montpellier da França na época, depois de ótima passagem pelo Deportivo Cali. Após a Copa, acabou parando no Real Valladolid da Espanha, e voltou em seguida para a Colômbia, antes de ir para os Estados Unidos se tornar ídolo na Major League Soccer.

A passagem de Valderrama pelos “States” é um capítulo a parte na história do jogador, já que enquanto atuou por lá, passando por Tampa Bay Mutiny, Miami Fusion e Colorado Rapids, foi considerado um dos pioneiros entre as grandes estrelas a atuar na liga. Valderrama foi eleito MVP do all-star game por duas vezes, sendo o jogador que mais venceu, e também foi eleito MVP da liga em algumas temporadas. Em 2005 foi eleito para a seleção de todos os tempos da MLS.

Valderrama é o recordista de participações com a camisa da Seleção Colombiana, com 111 partidas disputadas, junto de James Rodriguez, que irá ultrapassá-lo. Foi capitão da Seleção da Colômbia nas copas de 1990, 1994 e 1998, e ajudou o selecionado a alcançar por três vezes o 3º lugar na Copa América, em 1987, 1993, e 1995, além de ter sido eleito o melhor jogador da Copa América, em 1987.

O ex-jogador é considerado o melhor futebolista colombiano de todos os tempos e também do Atlético Nacional, e recentemente foi eleito para o FIFA 100, lista dos 125 maiores jogadores dos 100 anos de entidade.

► Compre a camisa da Colômbia na Fut Fanatics

Se lembrava da campanha da Colômbia em 1990? Acha que vale a inspiração para a Copa de 2018?





© 2011 - Mantos do Futebol - Paixão por camisas de futebol - Todos os direitos reservados - Mantos do Futebol - Camisas de Futebol