Fornecedoras das seleções da Copa do Mundo 2018

A Copa do Mundo 2018 na Rússia está chegando! Faltam poucos meses para o início do maior evento esportivo do planeta, que reúne os maiores nomes do futebol mundial lutando pela taça mais cobiçada do planeta. E claro, reúne também as principais marcas que investem no esporte, tal como as principais fornecedoras de material esportivo do mundo, brigando para ver qual aparece mais.

Após o término de algumas Eliminatórias pelo mundo na última terça-feira (10/10), já conhecemos 23 seleções que estarão na Copa do Mundo de 2018, faltando apenas o fim dos jogos na África e as repescagens, e com isso, mais nove vagas em jogo.

A partir daí, podemos fazer uma previsão das fornecedoras de material esportivo que estarão presentes na Rússia e quantidade de seleções que elas vestirão. Confira abaixo nosso levantamento!

Fornecedoras das seleções da Copa do Mundo 2018

Até o momento, a Adidas possui dez equipes no Mundial (Alemanha, Argentina, Bélgica, Colômbia, Egito, Espanha, Irã, Japão, México e Rússia), seguida da Nike, sua principal rival, que já contabiliza oito seleções (Arábia Saudita, Brasil, Coréia do Sul, França, Inglaterra, Nigéria, Portugal e Polônia).

A New Balance estreará em Copas do Mundo e já emplacará dois times, Costa Rica e Panamá, enquanto a Erreà, com a Islândia, a Puma, com Uruguai, e a Umbro, com a Sérvia, já garantiram presença.

A briga entre Nike e Adidas será grande até o final, isso porque dentre as 9 vagas restantes, a marca alemã pode emplacar mais três seleções (Suécia, Irlanda do Norte e Marrocos), enquanto a Nike, no melhor dos cenários, conseguirá ter mais 5 times (Croácia, Grécia, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia).

A Puma tem chance de emplacar mais três equipes à competição (Suíça, Itália e Costa do Marfim), enquanto a New Balance (Irlanda) e a Umbro (Peru) podem ter mais uma.

Hummel (Dinamarca), Uhlsport (Tunísia), O’Neill (RD Congo), Romai (Senegal), Lacatoni (Cabo Verde), Kappa (Burkina Faso) e Joma (Honduras) são marcas que podem aparecer na Copa do Mundo 2018, isso claro, se nenhuma gigante absorver alguma destas seleções de última hora, como a Adidas fez com Bósnia Herzegovina em 2014, que vestia Legea até um mês antes da competição.

Seleções garantidas e suas fornecedoras

África

Egito – Adidas

Nigéria – Nike

Américas do Norte e Central

Costa Rica – New Balance

México – Adidas

Panamá – New Balance

América do Sul

Argentina – Adidas

Brasil – Nike

Colômbia – Adidas

Uruguai – Puma

Ásia

Arábia Saudita – Nike

Coréia do Sul – Nike

Irã – Adidas

Japão – Adidas

Europa

Alemanha – Adidas

Bélgica – Adidas

Espanha – Adidas

Camisas da Espanha 2016 Eurocopa Adidas Titular

França – Nike

Inglaterra – Nike

Islândia – Erreà

 

Polônia – Nike

Portugal – Nike

Rússia – Adidas (País sede)

Sérvia – Umbro

Então podemos concluir que até o momento a Adidas é a grande marca na Copa do Mundo 2018, com 10 representantes classificados, quase 50% do total.

A Nike vem logo em seguida, com oito equipes, somando já 18 das 23 classificadas (78%). A terceira colocada é a New Balance, que possui duas seleções, enquanto Erreà, Puma e Umbro estão representadas até o momento por uma seleção cada.

Agora vamos ver as seleções que ainda podem se classificar.

Seleções que podem estar na Copa e suas fornecedoras

África

Tunísia – Uhlsport

A Seleção da Tunísia está muito perto de voltar à Copa do Mundo após 12 anos. Para isso, basta empatar em casa com a Líbia, última colocada do Grupo A, em casa, na última rodada das Eliminatórias Africanas. O jogo será disputado no dia 11 de novembro e a seleção pode chegar lá já classificada, caso a RD Congo não vença Guiné seis dias antes.

RD Congo – O’Neills

A República Democrática do Congo precisa de um milagre se quiser estrear em uma Copa do Mundo na Rússia. Primeiramente precisa fazer o dever de casa no dia 05 de novembro e vencer Guiné em casa. Depois, precisa torcer por uma derrota qualquer da líder Tunísia para a Líbia, última colocada, no dia 11, em Tunis.

Marrocos – Adidas

A situação no Grupo C talvez seja a mais disputada. Na última rodada, Marrocos ultrapassou a Costa do Marfim e está com um mísero pontinho à frente dos elefantes, restando apenas uma rodada. Só que logo no último jogo as duas seleções se enfrentam na Costa do Marfim e quem vencer se classifica. O empate é de Marrocos.

Costa do Marfim – Puma

Como dito acima, os elefantes precisam vencer ou vencer o Marrocos para se classificarem para a Copa do Mundo. Para isso, jogam em casa no dia 05 de novembro.

Senegal – Romai

No Grupo D, o Senegal só depende dele para ir para a Rússia. Basta vencer a África do Sul em casa no dia 05 de novembro para ir à Copa. Caso perca, ainda terá mais uma chance no dia 11, contra a mesma África do Sul, em partida adiada, desta vez fora de casa.

Burkina Faso – Kappa

A seleção de Burkina Faso precisa de um milagre maior que o da RD Congo para ir à Rússia. Primeiramente, precisa vencer Cabo Verde no dia 05 de novembro, e aí restará torcer por uma derrota e um empate de Senegal, nos dias 05 e 11 de novembro, contra a África do Sul, última colocada do grupo. Duas vitórias da África do Sul classificam os Bafana-Bafana. Além disso, precisará tirar quatro gols de saldo para Senegal.

Cabo Verde – Lacatoni

Cabo Verde também tem chances, mas quase nulas, assim como Burkina Faso. O caminho é um pouco menos difícil: precisa vencer dia 05 e torcer para que Senegal faça apenas um ponto em dois jogos, pois ficaria com uma vitória a mais.

África do Sul – Nike

Se os Bafana-Bafana vencerem as duas partidas contra Senegal, chegarão aos 10 pontos, superando Burkina Faso e Cabo Verde em qualquer circunstância, e irão à Rússia. O problema é vencer os dois jogos.

Europa

Croácia – Nike

A seleção de Modric, Kovacic e companhia escara a repescagem europeia e será cabeça de chave. O sorteio oficial ocorre no próximo dia 17 de outubro, uma terça-feira, e as partidas serão realizadas entre os dias 9 e 11 (ida) e 12 e 14 (volta) de novembro, sendo o jogo de volta na Croácia.

Dinamarca – Hummel

A seleção dinamarquesa também luta na repescagem para retornar à Copa, sendo cabeça de chave. O sorteio oficial ocorre no próximo dia 17 de outubro, uma terça-feira, e as partidas serão realizadas entre os dias 9 e 11 (ida) e 12 e 14 (volta) de novembro, sendo o jogo de volta na Dinamarca.

Grécia – Nike

Os gregos buscam disputar sua segunda Copa do Mundo consecutiva, mas para isso terão de enfrentar a repescagem e não são cabeças de chave. O sorteio oficial ocorre no próximo dia 17 de outubro, uma terça-feira, e as partidas serão realizadas entre os dias 9 e 11 (ida) e 12 e 14 (volta) de novembro, sendo o jogo de volta fora de casa.

Irlanda – New Balance

Os irlandeses querem voltar a disputar a Copa depois de 16 anos, mas para isso terão de encarar a repescagem e não são cabeças de chave. O sorteio oficial ocorre no próximo dia 17 de outubro, uma terça-feira, e as partidas serão realizadas entre os dias 9 e 11 (ida) e 12 e 14 (volta) de novembro, sendo o jogo de volta fora de casa.

Irlanda do Norte – Adidas

Se os vizinhos de baixo não vão a uma Copa há 16 anos, a Irlanda do Norte não disputa desde 1986, no México, ou seja, 32 anos. Falta pouco, mas os norte-irlandeses vão ter que enfrentar a repescagem sem serem cabeças de chave. O sorteio oficial ocorre no próximo dia 17 de outubro, uma terça-feira, e as partidas serão realizadas entre os dias 9 e 11 (ida) e 12 e 14 (volta) de novembro, sendo o jogo de volta fora de casa.

Itália – Puma

Tetracampeã mundial e disputando todas as edições de Copa desde 1962 (não jogou em 58), a Azzurra é cabeça de chave na repescagem europeia. O sorteio oficial ocorre no próximo dia 17 de outubro, uma terça-feira, e as partidas serão realizadas entre os dias 9 e 11 (ida) e 12 e 14 (volta) de novembro, sendo o jogo de volta na Itália.

Suécia – Adidas

Camisas da Suécia 2016 Eurocopa Adidas

Tendo ficado de fora da Copa de 2014 justamente na repescagem, os suecos terão de encarar novamente a disputa, e novamente não serão cabeças de chave. A última Copa do Mundo do país foi em 2006. O sorteio oficial ocorre no próximo dia 17 de outubro, uma terça-feira, e as partidas serão realizadas entre os dias 9 e 11 (ida) e 12 e 14 (volta) de novembro, sendo o jogo de volta fora de casa.

Suíça – Puma

Após perder a vaga direta na última rodada em duelo direto contra Portugal, a Suíça joga a repescagem buscando disputar sua quarta Copa seguida e é cabeça de chave. O sorteio oficial ocorre no próximo dia 17 de outubro, uma terça-feira, e as partidas serão realizadas entre os dias 9 e 11 (ida) e 12 e 14 (volta) de novembro, sendo o jogo de volta na Suíça.

Repescagem Mundial

Austrália – Nike

Os Socceroos bateram a Síria em dois jogos e se classificaram para a última repescagem mundial antes da Copa do Mundo 2018. Irão enfrentar Honduras em dois jogos, ainda sem data definida.

O primeiro jogo será na América do Norte, enquanto o segundo deve ser realizado em Sydney.

Honduras – Joma

Após conseguir uma vitória muito difícil contra o México e, contando com a derrota dos Estados Unidos, Honduras conseguiu a vaga para a repescagem mundial, na qual enfrenta a Austrália em dois jogos, sendo o primeiro em casa.

Nova Zelândia – Nike

Os All-Whites fizeram o que era esperado e venceram as Eliminatórias da Oceania, ganhando assim a vaga na repescagem mundial. Agora eles enfrentam o Peru em duas partidas, sendo a primeira em casa e sem datas definidas.

Peru – Umbro

Camisas do Peru 2015-2016 Umbro

 

Após surpreenderem todo mundo nas Eliminatórias com uma arrancada histórica, o Peru pode voltar a uma Copa do Mundo depois de 36 anos. Basta vencer a repescagem mundial contra a Nova Zelândia em dois jogos. Para isso, decidem em casa.

O curioso é que a seleção vestirá Umbro, caso vá à Copa do Mundo, mas já tem um acerto com a Marathon, marca equatoriana que assumirá os uniforme a partir de agosto de 2018.

É claro que as fornecedoras das seleções em julho de 2018 podem mudar, já vimos isso acontecer em outras copas. Agora nos resta esperar os últimos classificados e acompanhar os lançamentos e tudo sobre o mercado de fornecimento de material esportivo, claro, aqui no MDF.

Enquanto isso, confira nossa matéria sobre as fornecedoras que já foram campeãs do mundo, é só clicar aqui.

► Compre camisas de seleções na Fut Fanatics

O que acharam da lista das possíveis fornecedoras da Copas do Mundo 2018?