avai-umbro

No início desta semana deveria ter sido apresentado o acordo do Avaí com a Umbro, marca que fornecerá os uniformes da equipe catarinense em 2017 (veja aqui mais detalhes), no entanto, um descuido da fornecedora fez com que o anúncio da parceria fosse adiado para as próximas semanas.

Segundo o Diário Catarinense, o Leão da Ressacada se reapresentou utilizando as antigas peças de treino feitas pela Fila pois o presidente do clube, Francisco Battistotti, mandou devolver um lote de uniformes de treino que continham a cor preta, ao invés do azul marinho, aprovado pelo clube.

O problema é uma questão de rivalidade, já que o preto é a cor do maior rival do Avaí, o Figueirense.

“Houve um problema no uniforme de treino. Ele veio, nós aprovamos, mas quando eu recebi o uniforme na sexta-feira não foi aprovado pelo presidente. Mandei botar tudo na caixa e devolver porque o azul marinho do uniforme na camisa branca ficou preto. Determinei ao pessoal do almoxarifado que a pré-temporada será feita com o uniforme da Fila, que é do mesmo grupo da Umbro”, explicou o mandatário do clube.

“Teve esse inconveniente. Eles mesmos assumiram a falha por telefone. Mas a Umbro continua, tanto que no jogo contra o Paraná ( o primeiro do ano, dia 25 de janeiro) as camisas serão Umbro. O problema todo foi no uniforme de treino”, concluiu Francisco Battistotti.

► Compre a camisa do Avaí na Fut Fanatics

O que acharam do fato do Avaí recusar o uniforme de treino da Umbro por conter preto, cor do rival Figueirense?