Disputa entre Nike e Puma evidencia obscuridade da Associação Uruguaia de Futebol. Jogadores interviram para que proposta mais valiosa fosse considerada

Uruguai-nike-puma-abre

Em assunto que causou polêmica nos últimos dias, a Asociacion Uruguaya de Futbol escolheu em decisão apertada, que a proposta da Nike é a vencedora para assumir o fornecimento esportivo da seleção uruguaia a partir de 2017 e também no patrocínio ao Campeonato Uruguaio. No entanto, a marca norte-americana ganhou, mas ainda não levou.

Segundo o jornal uruguaio Ovacíon, a Tenfield, empresa que que dá a concessão aos uniformes da Puma, ainda terá 20 dias para igualar a proposta vencedora, e a empresa já deu a entender que tem a intenção de chegar ao valor pedido pela entidade para estender o contrato.

O acordo atual com a Tenfield se encerra no próximo dia 31 de dezembro, e inicialmente, a empresa apresentou uma proposta de 5 milhões de dólares para a renovação, entretanto, a Nike entrou na parada com um lance muito superior, que chegava a US$ 24 milhões, o que fez com que uma reunião extraordinária fosse chamada.

A escolha parecia óbvia, mas foi aí que a polêmica começou.

Na primeira reunião, mesmo com a proposta da Nike sendo bem mais vantajosa, a maioria dos clubes foram contra a mesma, preferindo manter a Puma como patrocinadora da entidade. Precisou então que alguns jogadores, entre eles Godín, Lugano e Suarez, entrassem na jogada e lançassem um manifesto exigindo transparência e ameaçando até abandonar a seleção caso a proposta mais valiosa não fosse reconsiderada.

A pressão dos atletas surtiu efeito, mas nem tanto. Para decidir, foi feita uma votação com 19 equipes do país, sendo 16 da primeira divisão e três da segunda. O placar final foi apertado, 10×9 à favor da Nike, no entanto foi considerada uma oportunidade da Tenfield igualar os valores, para que a Puma permaneça ao lado da Celeste por mais 7 anos.

Agora é aguardar as cenas dos próximos capítulos.

► Compre camisas do Uruguai na Fut Fanatics

Na sua opinião o Uruguai deveria aceitar a proposta da Nike ou continuar vestindo Puma nos próximos anos?