A partir de hoje, o Mantos do Futebol tem um novo quadro para os amantes de camisas de futebol, o #ThrowbackThursday que é conhecido no mundo todo como o dia da nostalgia. Toda quinta feira, pessoas postam algo relacionado com coisas antigas.

E para começar, que tal falarmos do primeiro manto polêmico do futebol? O uniforme preto da seleção italiana na Copa da França em 1938.

Camisa preta da Itália 1938

 

italia 38 escudo

Como sabemos, a seleção italiana utiliza a cor azul, uma alusão a família Savoia, que protagonizou a unificação da Itália no século 19. Acontece que na Copa do Mundo de 1938, a então campeã do mundo e das Olimpíadas em Berlim, decidiu atuar com uma outra cor. E isso deu o que falar.

Sim, a Itália utilizou uma camisa totalmente preta em uma das partidas da competição e a motivação não foi algo muito exemplar.

Camisa preta da Itália 1938

Em 1938, o mundo vivia o temor de uma nova Guerra Mundial (que estourou no ano seguinte). O nazismo alemão e o fascismo italiano cresciam a cada dia, territórios eram invadidos e conquistados e a população mundial viva sob o medo. Mesmo assim, a Copa daquele ano na França aconteceu, e nela, uma grande prévia do que iria acontecer nos próximos 7 anos.

A seleção italiana iria enfrentar a seleção francesa, dona da casa, que também usa azul. Então, a Itália precisava utilizar um uniforme diferente. Aproveitando-se da situação, o ditador Benito Mussolini, maior representante do fascismo, decidiu impor que os jogadores utilizassem uniformes totalmente pretos, para ficarem mais parecidos com os “camisas negras”, nome dado ao exército fascista, que utilizava fardas negras. O preto era a cor oficial do Fascismo e acabou causando muita polêmica na época.

Dias atrás, falamos que a Lazio, time para o qual torcia Mussolini e considerado um time de origens fascistas (Quem não se lembra da comemoração de Di Canio, em partida contra a Roma?) , causou polêmica com seu novo uniforme totalmente preto, tamanho o terror que o uniforme causou na época.

A Copa do Mundo em 1938

italia 38 fascismo
Jogadores italianos fazendo saudação fascista antes de jogo

Na competição, a Itália, atual campeã e favorita, teve facilidade para chegar ao bicampeonato. Venceu todas as partidas. No primeiro jogo, vitória na prorrogação sobre a Noruega, por 2×1; Contra a França, usando o uniforme preto, venceu por 3×1; Nas semi finais, enfrentaram a seleção brasileira, desfalcada de Leônidas da Silva e venceram por 2×1; Na final, vitória tranquila sobre a Hungria por 4×2.

O formato eliminatório de 1934 foi mantido. Se uma partida permanecer empatada depois dos 90 minutos, mais 30 minutos de prorrogação seriam jogados. Se o placar permanecesse igual, um jogo desempate era realizado. Foi a última Copa do Mundo a ter este formato eliminatório.

Após a competição, a Guerra estourou e a Copa do Mundo só foi disputada novamente em 1950, 12 anos depois, no Brasil.

Uma curiosidade é que o treinador italiano Vittorio Pozzo é até hoje o único treinador a ser campeão  da Copa do Mundo por duas vezes seguidas.

Silvio Piola – O craque

pioola 2

Silvio Piola (Robbio, 29 de Setembro de 1913 — Gattinara, 4 de Outubro de 1996) era o grande destaque daquela seleção.

Piola era conhecido por sua carreira cheia de gols (foram 405 em 642 partidas disputadas) e marcou pela seleção italiana 30 gols em 34 jogos.

Era um atacante astuto e altamente eficiente, raramente desperdiçando chances. Dizem que sua única frustração no futebol foi o fato de nunca ter conquistado a primeira divisão do campeonato Italiano. Apesar de seus gols e de ter atuado em dois dos maiores vencedores da competição, os rivais Torino e Juventus, seu único outro título além da Copa foi uma Serie B, quando estava no Novara. Na Serie A, foi três vezes vice-campeão.

Piola atuou pelo Pro Vercelli (1929-1934); Lazio (1934-1943); Torino (1943-1944); Juventus (1944-1947) e Novara (1947-1954).

Piola em ação pela seleção italiana
Piola em ação pela seleção italiana

Há um tempo atrás, a marca Retrô Mania, especialista em produzir uniformes retrô, lançou uma réplica fiel da camisa preta da seleção italiana, de 1938. O manto pode ser encontrado em diversas lojas virtuais que revendem os produtos da marca.

italia 38 1

► Compre a camisa da Itália na Fut Fanatics

O que acharam do novo quadro #ThrowbackThursday? E qual a opinião de vocês sobre a polêmica camisa preta da Itália de 1938?