Brasília troca identidade mas desiste após pressão da torcida

O Brasília FC havia trocado a sua identidade e os seus uniformes que seriam utilizados pela primeira vez nesta terça-feira na estreia da Copa Sul-Americana contra o Goiás, no entanto o clube acabou voltando atrás após pressão da torcida nas redes sociais.

A maior mudança havia sido a adição do azul, representando o “céu azul de todos os dias” marca registrada da capital federal, junto ao tradicional vermelho cor símbolo do “Colorado” como o clube é conhecido. O escudo também tinha sido modernizado e uma águia tinha sido utilizada no lugar do avião que simbolizava a equipe.

Escudos do Brasília FC
O velho-novo escudo com o avião, e o novo-velho escudo que trazia uma águia e não será mais utilizado

Quando a nova identidade foi apresentada, a diretoria se assustou com a repercussão negativa nas redes sociais e acabou voltando atrás e o antigo padrão acabou retornando.

A Super Bolla, que é a nova fornecedora da equipe, deve ser mantida, no entanto ainda não se sabe se o clube atuará com o uniforme antigo ou se trocará apenas o escudo nas peças apresentadas na última semana.

Ligação com o PT teria sido a motivação da troca de identidade

A motivação da atual diretoria em alterar a marca e as cores do clube teria sido por conta de quebrar a identificação que a equipe tem com o Partido dos Trabalhadores que vive um mau momento político com baixa popularidade. Além do vermelho da equipe ser a mesma cor do partido, a antiga diretoria tinha forte ligação com o ex-governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz, que é do PT.

Agnelo Queiroz Brasília FC
O petista Agnelo Queiroz comemora o título da Copa Verde conquistado pelo Brasília em 2014

Ao ser questionado se essa teria sido mesmo a motivação da mudança de identidade, o diretor de marketing do clube Eduardo Rezende comentou que não poderia confirmar que esse foi o principal motivo, mas deixou a entender que o elo com o partido incomoda.

“Serei muito sincero. Se fosse realmente uma questão de gosto, poderia ter acontecido, sim. Mas, se você pensar, em que momento a política poderia ter nos atrapalhado? Sinceramente, não sei. Nosso presidente não é político, não tem nenhuma relação com a política, então, não tenho como dizer que houve essa motivação”, afirmou o diretor.

A diretoria do time candango ainda pretende mudar o escudo e a identidade do Brasília FC, mas agora prometem consultar os torcedores antes de decidirem a nova marca.

A dica foi do André Guilherme Brandão e as informações são do Esporte Candango e da ESPN.

►Compre a camisa de clubes brasileiros na Fut Fanatics

O que acharam da ideia do Brasília FC trocar de identidade?