Pés de Ceni indicam que Under Armour deve assumir o São Paulo

Uma negociação cheia de reviravoltas, e após ter acertado que continuaria com a Penalty em 2015, parece que a paciência da diretoria do São Paulo realmente acabou e o tricolor deve vestir a Under Armour já no início do Brasileirão do ano que vem.

Os indícios estão cada vez mais fortes, isso porque nesta terça-feira o goleiro Rogério Ceni foi visto utilizando chuteiras da Under Armour no treinamento da equipe. Além dele o centroavante Luís Fabiano também estava utilizando chuteiras da empresa ianque.

Segundo o Lancenet!, a marca americana já tem conversas bem avançadas para vestir a equipe paulista a partir da próxima temporada e agora espera apenas a definição da crise com a atual parceira para oficializar o negócio.

A Under Armour abriu negociação com o tricolor em meados deste ano, mas o contrato vigente com a Penalty até o final de 2015 e o interesse das gigantes alemãs Puma e Adidas esfriaram o negócio. No entanto, após a polêmica em torno da aposentadoria de Rogério Ceni e a possibilidade do mítico goleiro tricolor permanecer no clube na próxima temporada animaram novamente a marca que teria aberto os cofres e oferecido só de prêmio por assinatura cerca de R$ 40 milhões.

Penalty promete jogo duro

Também hoje, o blog do Jorge Nicola no Yahoo, publicou que um representante da Penalty avisou que o São Paulo já entrou em contato a fornecedora indicando que gostaria de um acordo amigável para o mês de abril, no entanto a marca brasileira não abre mão de receber o valor da rescisão integralmente.

Caso, São Paulo e Penalty não entrem em um acordo, não está descartado que o clube tente a judicialmente a quebra do acordo.

Gostariam de ver a Under Armour no São Paulo?