Veja a seguir a lista com os 5 maiores artilheiros da Seleção Portuguesa de todos os tempos, que recentemente tem dado trabalho às principais equipes do futebol mundial. Sua ascensão nos últimos tempos elevou os lusitanos à nível de potência mundial do esporte.

O quarto lugar na Copa de 2006, semi finais de Eurocopa em 2000 e 2012 só mostram a evolução de Portugal nas últimas décadas, e os principais goleadores da seleção você confere agora:

1 – Cristiano Ronaldo (49 gols).

Top 5 – Artilheiros da Seleção Portuguesa, Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo, um dos maiores ídolos da história recente de Portugal aparece na primeira colocação após ultrapassar Pauleta em 2014. O craque começou no futebol em 2001 pelo Sporting, marcando um gol em sua estréia contra o Moreirense. Permaneceu na equipe até 2003. Mudou-se para a Inglaterra onde faria de vez seu nome no cenário mundial. No Manchester United foram 292 partidas e 118 gols onde ganhou 3 Premier Leagues, 1 Liga dos Campeões, 1 Campeonato Mundial de Clubes, 1 FA Cup entre tantos outros pelos Reds. Pelo preço de 94 milhões de euros o Real Madrid contratou o então melhor jogador do mundo. Como principal título como galático, CR7 possui a Liga de 2011-12. Também ajudou Portugal na ótima campanha dos lusitanos na Eurocopa de 2012, chegando às semis.

Na partida contra a Suécia, válida pelas repescagens para a Copa de 2014 no último dia 19 de novembro, C. Ronaldo com três gols igualou a marca de Pauleta e ajudou Portugal a ir para o mundial que acontecerá no Brasil no próximo ano. “Como disse anteriormente, recordes existem para serem batidos. Não era minha prioridade passar Pauleta. Eu sabia que aconteceria naturalmente.” declarou.

2 – Pauleta (47 gols).

Top 5 – Artilheiros da Seleção Portuguesa, Pauleta

Pedro Pauleta foi um jogador português nascido em 28 de abril de 1973. Jogou pelo União Micaelense em um curto período no ano de 1994, sendo transferido rapidamente para o Estoril Praia. Mais tarde mudou-se para a Espanha, onde atuou pelo Salamanca e La Coruña. Clubes que o consagrou e fizeram com que surgissem interesses de equipe de outros países. 

Em 2003 foi para o PSG, após passagem pelo Bordeaux, e lá tornou-se além de ídolo o maior artilheiro da história do time francês com 103 gols. Por Portugal estreou em 1997 e marcou seu primeiro “golo” na vitória por 7×0 contra o Azerbaijão. Encerrou a carreira como jogador em 2007.

3 – Eusébio (41 gols).

Top 5 – Artilheiros da Seleção Portuguesa, Eusébio

Eusébio da Silva Ferreira nasceu na África Oriental Portuguesa (atual Moçambique) em 1942. Em 1957, debutou pelo Sporting Lourenço Marques já de Portugal. Ficou 3 anos no clube e mudou-se para Lisboa para jogar no Benfica. Onde ganhou o apelido de Pantera Negra e o status de maior ídolo da história do time. Venceu o Campeonato Português por 11 vezes no período em que ficou até 1975.

Por Portugal, Eusébio foi o mais longe da seleção em copas. Alcançou o 3º lugar em 1966. Em 1965, um ano antes do mundial, ganhou o prêmio de melhor jogador europeu e em 1968 e 1973, King (como também era chamado) foi o Bola de Ouro da temporada.

Eusébio faleceu na madrugada de 05/01/14, uma perda inestimável para o futebol mundial. Através das redes sociais, craques como Luís Figo homenagearam a Pantera Negra: “O Rei! Grande perda para todos nós! O maior!” lamentou o já aposentado jogador lusitano.

4 – Figo (32 gols).

Top 5 – Artilheiros da Seleção Portuguesa, Figo

Luís Felipe Madeira Toledo Caeiro Figo nasceu em Lisboa em 1972. Assim como Cristiano Ronaldo, iniciou sua vida futebolística no Sporting. Debutou em 1989 e ficou até 1995 na equipe. Partiu para a Espanha onde seria ídolo nos dois maiores clubes do país. Primeiro pelo Barcelona, em que conquistou 2 Campeonatos Espanhóis e uma Supercopa nacional.

Contratado pelos merengues em 2000, no Real Madrid o sucesso foi ainda maior. Trouxe junto de Ronaldo, Zidane, Beckham e Raúl o termo galático no vocabulário do futebol mundial. O excepcional esquadrão trouxe 2 Camp. Espanhóis e uma Liga dos Campeões em 2001-02. No ano de 2005 foi para a Inter de Milão, onde encerraria sua carreira. Por Portugal ganhou apenas uma competição sub-20 em 1991.

5 – Nuno Gomes (32 gols).

Top 5 – Artilheiros da Seleção Portuguesa, Nuno Gomes

Nuno Miguel Soares Pereira Ribeiro jogou pelo Boavista de Portugal em 1994 e apenas dois anos depois foi para o Benfica. Ficou até 2000 e, os 60 gols em 101 jogos fizeram a Fiorentina investir na contratação do jogador português. Foram 53 partidas na Itália e 14 bolas na rede. Retornou ao time de Lisboa em 2002, onde ficou até 2011.

Foram 162 jogos nessa segunda passagem e 65 tentos. Mais tarde transferiu-se ao Braga e hoje joga pelo Blackburn Rovers. Na companhia de Figo, Cristiano Ronaldo e Pauleta, Nuno Gomes foi finalista da Eurocopa de 2004, perdendo na final para a Grécia por 1×0.

► Compre a camisa de Portugal e muitas outras camisas de seleções na Fut Fanatics

Gostaram do Top 5 – Artilheiros da Seleção Portuguesa? Será possível algum jogador passar esses craques?