História da camisa do São Paulo

Clube mais vitorioso do futebol brasileiro e único tricampeão mundial no país, o São Paulo Futebol Clube possui o vermelho, branco e preto como suas cores, as mesmas da bandeira do estado de São Paulo. Porém, não foi do pavilhão paulista que o clube do Morumbi herdou essa combinação tricolor, mas sim dos clubes que foram os precursores do que viria a ser o SPFC. O Clube Atlético Paulistano e a Associação Atlética das Palmeiras foram as equipes que ajudaram a fundir e formar o SPFC. Nessa fusão, ocorrida em 1930, o novo clube virou tricolor ao pegar o vermelho do Paulistano e o preto do Palmeiras, além do branco em comum das duas equipes para fazer a tradicional camisa branca com as faixas horizontais em vermelho e preto no centro e o logotipo centralizado.

Club Atlético Paulistano e Associação Atlética das Palmeiras
Club Atlético Paulistano e Associação Atlética das Palmeiras

Ao mesmo tempo, o time adotou como segundo uniforme uma camisa toda listrada em vermelho, branco e preto com as listras no mesmo tamanho, calção preto e meias pretas. A partir de 1935, com o reinício das atividades do São Paulo após um período de crise, o clube mudou seu uniforme reserva e adotou as listras brancas mais finas, com as vermelhas e pretas mais grossas. A camisa tradicional, porém, permaneceu intacta e jamais sofreu alterações.

Camisas históricas - São Paulo
Primeiro uniforme do São Paulo FC

Aliás, o uniforme do São Paulo é um dos poucos (se não o único) do Brasil a quase nunca ter mudanças de cor como outras equipes costumam fazer, muito menos ter um terceiro uniforme, regra sempre imposta pela diretoria a qualquer nova fornecedora de material esportivo que desembarca no Morumbi. Foram pouquíssimas as vezes em que o clube jogou com camisas diferentes da tradicional branca e da tricolor. Em 1944, o time atuou com uma camisa parecida com a da seleção paulista, alvinegra com gola e bordas das mangas em vermelho. Em 1966, o time adotou uma camisa repartida em três cores (vermelho, branco e preto) na vertical e em 1984 e 1985 jogou com camisa branca com listras vermelhas e pretas nas mangas e camisa branca com uma manga vermelha e a outra preta. Esta última foi relançada em 2009 apenas para a torcida.

Em 2013, o clube causou polêmica ao lançar uma camisa toda vermelha em alusão às cores dos novos assentos de seu estádio. A camisa ficou horrorosa e não representou em nada a tradição e beleza do uniforme do clube mais glorioso do Brasil nas últimas três décadas.

Camisa vermelha do São Paulo lançada em 2013
Camisa vermelha do São Paulo lançada em 2013
Atualmente o tricolor veste camisas da Penalty, mas em 2015 muito provavelmente será o primeiro clube do país a vestir uniformes feitos pela fornecedora americana Under Armour.
Camisas do São Paulo 2015 Penalty
Este texto foi escrito por Guilherme Diniz do blog Imortais do Futebol. Gostou ou gostaria de ver a história de algum clube em específico? Deixe sua opinião no comentário. E curta a fan page do Imortais: